Água

CVS recepciona diretor do Centro de Pesquisa de Águas Subterrâneas da USP

13/06/2017


Em 8 de junho, a Divisão de Meio Ambiente do CVS recepcionou o professor Reginaldo Bertolo, diretor do Centro de Pesquisa de Águas Subterrâneas (CEPAS), órgão vinculado ao Instituto de Geociências da USP, cuja missão é buscar e implementar as melhores soluções aos problemas que afetam os recursos hídricos e a sua contaminação. Estiveram também presentes na reunião as regionais (GVS) de Mogi das Cruzes e Santo André, bem como as vigilâncias municipais de Diadema, São Paulo e Guarulhos.

O diretor do CEPAS, acompanhado de seu aluno Bruno Consentino, apresentaram o projeto de pesquisa em desenvolvimento “Avaliação da qualidade da água subterrânea de poços de produção locados próximo a áreas contaminadas por solventes halogenados na Região Metropolitana de São Paulo”.

O CVS disponibilizou dados de cadastro e de potabilidade das soluções alternativas de abastecimento disponíveis no Sistema de Informação da Qualidade da Água para Consumo Humano (Siságua), possibilitando relacioná-los com os cadastros de outorgas do Departamento de Águas e Energia Elétrica (DAEE) e de Áreas Contaminadas de Cetesb.

Como a avaliação da qualidade da água dos poços tubulares profundos é assunto de interesse para as ações de vigilância da potabilidade da água de consumo humano, acordaram-se iniciativas conjuntas com as instâncias regionais e municipais das VISAs para coleta e análise de amostras de água de cerca de 20 poços perfurados na Região Metropolitana de São Paulo (RMSP), localizados nas imediações de áreas contaminadas cadastradas pela Cetesb.

Tais iniciativas subsidiam pesquisas acadêmicas importantes para melhor compreensão da qualidade da água dos aquíferos na RMSP e referenciam ações para controle do risco sanitário. 




Mais notícias sobre Água