Notcias

CVS sedia reunio do Comit Paulista da gua e recepciona representantes do Ministrio da Sade

22/07/2016


Em 12 de julho, o CVS sediou reunião do Comitê Permanente para Gestão Integrada da Qualidade da Água destinada ao Consumo Humano no Estado de São Paulo. O Comitê foi instituído pelas secretarias da Saúde, Meio Ambiente e Saneamento/Recursos Hídricos em fevereiro de 2014 (Resolução Resolução Conjunta SES/SMA/SSRH 01) para, dentre outras atribuições, avaliar os contextos de exploração, uso e qualidade dos mananciais superficiais e subterrâneos, assim como as tendências de disponibilidade e demanda dos recursos hídricos e seus reflexos na produção da água para consumo da população paulista.

A reunião de julho contou com representantes do Ministério de Saúde (MS), Daniela Buosi e Adriana Cabral, que abordaram as estratégias para revisão da Portaria Federal 2914/2011, referência no Brasil para os padrões de potabilidade da água e para as políticas de vigilância e controle da qualidade da água para consumo humano. Segundo o MS, ainda este ano será finalizado um documento base para subsidiar as reuniões dos grupos técnicos que serão constituídos para discutir, neste e no próximo ano, as mudanças na portaria.

A presença do MS propiciou debate sobre aspectos de grande interesse para o estado de São Paulo, como o disciplinamento do uso de soluções alternativas coletivas em centros urbanos, a normatização de Planos de Segurança da Água, as referências laboratoriais para controle e vigilância da qualidade da água e a questão do uso de algicidas em mananciais críticos no tocante à floração de cianobactérias.

Acompanhando os representantes do MS estava presente a professora Nolan Ribeiro Bezerra, do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás, que tem importante experiência profissional e acadêmica em vigilância da qualidade da água e Planos de Segurança da Água (PSA).  Adriana Corrêa da Silva, coordenadora da Câmara Técnica de Saúde Ambiental do Comitê das Bacias Hidrográficas dos rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí (PCJ), também convidada para a reunião, apresentou seus planos, em conjunto com a Fundação Nacional de Saúde (Funasa) para a capacitação técnica e implementação de projetos piloto de PSA em municípios da região. Complementando o assunto, André Góes, da Sabesp, comentou sobre os planos de Contingência que estão sendo elaborados pela companhia a pedido do CVS para mananciais críticos da Região Metropolitana de São Paulo

O Comitê Paulista da Água é composto por representes do CVS, Cetesb e DAEE, tendo como convidados permanentes as agências reguladoras de saneamento ARSESP e ARES-PCJ, bem como o Centro de Vigilância Epidemiológica. Por fim, Sérgio Valentim, relatou iniciativas do CVS voltadas à promoção da potabilidade da água em São Paulo, destacando o 6º Seminário Estadual Água e Saúde, previsto para ocorrer em Jundiaí entre 09 e 10 de novembro, que terá como tema principal a “Segurança Hídrica e Proteção da Saúde”.